Participe, faça o Registro - clique em Seguir - é grátis

Para encontrar um assunto no blog digite uma palavra abaixo em Pesquisar ou acesse arquivos.

Pesquisar este blog

Mais assuntos acesse Arquivos do Blog

quinta-feira, 3 de março de 2011

Joinville - Veículo oficial utilizado irregularmente

O Jornal A Gazeta de Joinville, através de denúncia dos moradores do bairro onde reside o Gerente da Unidade de Conservação e Manutenção da Secretaria Regional do Boehmerwald, senhor Jonas José Luiz, coloca ao povo Joinvilense a forma irregular no uso de um veículo oficial pelo servidor acima citado...o qual tem utilizado para ir até sua residência almoçar.
O Jornal Gazeta flagrou o servidor chegando em sua residência no dia 18/02/2011 e o motorista argumentou que vai até sua residência almoçar porque a qualquer momento pode ser chamado e que esta situação é do conhecimento do Secretário da Regional.
Conforme Decreto 15.899 e também normativas do Estatuto do servidor...os veículos oficiais só podem ser utilizados exclusivamente a serviço.
Recentemente tivemos um servidor público sendo suspenso 5 dias do trabalho (processo administrativo)  por ter ido almoçar com um veículo oficial...esperamos que seja feita também justiça neste epísódio, pois tem semelhança.
Estas normativas da Prefeitura de Joinville deveriam ser aplicadas na Câmara de Vereadores de Joinville...mas pelo desenrolar da situação...presidente e vereadores devem abrir exceções para o legislativo.
Para saber mais entre no site http://www.gazetadejoinville.com.br/2320115.html 
Imagem Gazeta Joinville

2 comentários:

Adilson Girardi disse...

Sugiro publicizar a íntegra da normativa sobre uso de veículos oficiais, elaborada pela Unidade de Controle Patrimonial.

Valdecy Alves disse...

Os blogs quebraram a hegemonia da imprensa comercial e apontam para um novo futuro em se tratando da liberdade de expressão e do direito à informação. Estamos de parabéns.

SINDICATOS E PROFESSORES, acessem modelo de petição para cobrar na ajustiça o reajuste do piso do professor conforme a lei do piso, 21,7%, não como declara o MEC. Ainda cobrar as diferenças do ano de 2010. Leia, comente e divulgue: http://valdecyalves.blogspot.com/2011/03/mais-uma-vez-o-mec-viola-o-lei-do-piso.html