Participe, faça o Registro - clique em Seguir - é grátis

Para encontrar um assunto no blog digite uma palavra abaixo em Pesquisar ou acesse arquivos.

Pesquisar este blog

Mais assuntos acesse Arquivos do Blog

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Joinville discute possibilidade de mais vereadores no município

O município de Joinville tem atualmente 19 vereadores e como a cidade já tem mais de 500 mil habitantes este número poderia ser, conforme constituição, de até 25 integrantes na câmara. Acontece que boa parte da população, muitos empresários e entidades estão contra o aumento do número de parlamentares e consequentemente da despesa pública.
As quatro principais entidades empresariais de joinville (Acij, Ajorpeme, CDL e Acomac) são contra o aumento das despesas e alegam que existem outras prioridades no município como estrutura viária, saneamento, saúde pública, educação, etc.
O presidente da Câmara vai reunir os líderes das bancadas e entidades para discutir este assunto, mas já adianta que Joinville deve pensar na sua posição daqui a 30 anos.
É de se refletir da necessidade atual pelo aumento dos parlamentares em Joinville...por um lado os trabalhos das comissões poderão ser mais rápidos e por outro existem os interesses partidários. Contudo é de se considerar que o aumento pode ser, se necessário, ocorrer no momento em que realmente a cidade de joinville necessitar de mais parlamentares para o bem da população.  

Um comentário:

Anônimo disse...

EU ESTIVE LENDO A PEC 333 QUE TRATA O ASSUNTO DO AUMENTO DOS VEREADORES E CHEGEI A CONCLUSÃO QUE SE AUMENTAR O NUMERO DE VEREADORES O DO PERCENTUAL DO REPASSE AO LEGISLATIVO CAI DE 6% PARA 4,5% E COM ISSO NÃO AUMENTA O CUSTO DA CASA E SE A PREOCUPAÇÃO É COM OS GASTOS DE ACESSORIA, COM CERTEZA NÃO IRÁ AUMENTAR, POIS O REPASSE SERÁ MENOR.
E SE A CIDADE TEM MAIS DE 500.000 HABITANTES ACREDITO JUSTO O AUMENTO DA REPRESENTATIVIDA, SÓ ESPERO QUE O POVO AVALIE O QUE O CANDIDATO FEZ DE ACORDO COM A OPORTUNIDADE QUE TEVE.
ALGUNS ASSUMEM SOMENTE PARA VIAJAR E OUTROS PRIORIZAM O SEU LADA PROFISSIONAL E NÃO EXERCEM INTEGRALMENTE A FUNÇÃO DE VEREANÇA.