Participe, faça o Registro - clique em Seguir - é grátis

Para encontrar um assunto no blog digite uma palavra abaixo em Pesquisar ou acesse arquivos.

Pesquisar este blog

Mais assuntos acesse Arquivos do Blog

terça-feira, 24 de maio de 2011

Greve dos servidores da Prefeitura de Joinville chega no 16º dia

A prefeitura de Joinville apresentou, dia 15/05/2011, a resposta para os grevistas sobre a proposta votada por eles em frente a prefeitura dia 13/05/2011...que era manter o repasse da inflação (6,30%) para data base/maio e dividir em duas parcelas os 5% de ganho real ainda para ano de 2011. A resposta da prefeitura foi de que não tem condições financeiras de assumir qualquer índice neste ano e continua com a proposta de 8% para o mês de janeiro 2012 e mais outro índice em Maio...conclui que a negociação continua desde que os grevistas voltem ao trabalho.
Um dos pontos que mais está preocupando o sindicato é do desconto dos dias parados que deve acontecer já na folha de maio, mas que irá entrar com uma Liminar solicitando o pagamento integral para os grevistas... os sindicalistas dizem também que quando houver a negociação do fim da greve haverá a negociação dos dias parados, mas que não pode se comprometer com os dias dos servidores que neste momento participam da greve e decidirem voltar ao trabalho.
Os grevistas rejeitaram novamente o posicionamento da prefeitura e culpam a administração pela situação e também porque não investe em Educação e Saúde.
Neste impasse de não haver um acordo...tem servidor querendo retornar ao trabalho e até fazer greve de fome...este último posicionamento não acatado pelos sindicalistas. 
O movimento durante a semana deve se estender para os bairros da cidade...dia 24 na zona oeste e dia 25 zona sul. Hoje, dia 24/05/2011, no período da tarde, devem estar na Câmara de vereadores para sensibilizar os parlamentares.
A prefeitura de Joinville irá receber neste dia 24/05 os pais ligados APPs (Escolas Municipais) para dialogar sobre o impasse entre a prefeitura e o sindicato o qual está prejudicando o ano letivo.

Nenhum comentário: