Participe, faça o Registro - clique em Seguir - é grátis

Para encontrar um assunto no blog digite uma palavra abaixo em Pesquisar ou acesse arquivos.

Pesquisar este blog

Mais assuntos acesse Arquivos do Blog

domingo, 18 de março de 2012

Política 2012 em Joinville - Santa Catarina

A disputa para o sucessor na prefeitura de Joinville, em 2012, será acirrada caso não feche a tríplice (PMDB, PSDB e PSD)...O PMDB é, até o momento, o único partido que se manifestou com pré-candidato o empresário Udo Dölher...o senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) que já foi por três vezes prefeito da cidade de Joinville aposta suas fichas no empresário, mas o sonho é fechar a tríplice. 
O ex-prefeito Marco Tebaldi (PSDB) atualmente deputado federal e que também a pouco tempo estava na pasta de Secretário de Educação do Estado de Santa Catarina...está sofrendo pressão por parte do partido (PSDB) para concorrer novamente a prefeito e existe uma preparação do partido nos próximos dias para que ele (Tebaldi) se manifeste para ser pré-candidato...Tebaldi sabe que sua carreira política está assim, em partes, pelo apoio que sempre teve do senador Luiz Henrique da Silveira.
Os deputados estaduais Darci de Matos e Kennedy Nunes..( Darci já militou no PFL e DEM ) e ( Kennedy por muito tempo no PP)...agora estão juntos no PSD se vêem numa encruzilhada pois os dois tem potencial partidário...e assim deve acontecer uma decisão o quanto antes de quem será o pré-candidato porque é vital por questões de futuros acordos e coligações...vendo por este panorama temos o Governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, que teve ajuda articulada por Luiz Henrique pelo seu sucesso como senador e governador, e que não vai querer colocar obstáculos ao PMDB em conquistar a maior cidade do estado - Joinville.
A política de Joinville está baseada em 4 partidos (PMDB, PSDB, PSD e PT)...Udo Dölher (PMDB), Marco Tebaldi (PSDB), Darci Matos e Kennedy Nunes (PSD) e Carlito Merss (PT)...outros partidos como por exemplo do Dr. Xuxo (PR) ou quem sabe do DEM, PP... poderão até concorrer no primeiro turno, mas não vão colocar em risco os que estão em evidência e a lógica é coligação.
O partido PT (Carlito Merss) atual prefeito de Joinville está em descrédito com a população...pelo menos o que dizem as pesquisas de ele não chegar a 20% de aprovação pela sua gestão, mas um eventual desajuste entre o PMDB, PSDB e PSD poderá fazer o eleitor a refletir os verdadeiros motivos das articulações políticas e promover o PT novamente...caso parecido que se percebe hoje em que o ex-prefeito Marco Tebaldi se beneficia com a reprovação de Carlito Merss.
Os Joinvilenses tem como referência política o falecido empresário e prefeito de Joinville VVittich  Freitag (prefeito 1983 à 1988 e 2003 à 2006) que se mostrou mais um administrador do que um político pela cidade e a Prefeitura de Joinville....esta imagem de atuação administrativa que teve o Freitag é esperada através do empresário Udo Dölher.
Como o eleitor já sabe...na política tudo pode acontecer...então é só aguardar com o que vai ocorrer neste mês de março e abril  e/ou até 30 de junho onde deverá acontecer a homologação das candidaturas nas convenções partidárias.
  
Udo Dölher
Carlito
Tebaldi
Kennedy e Darci

Um comentário:

Ruy Ferrari disse...

Para nós eleitores... será a eleição mais difícil da história recente desta cidade.